Segundo companhia, Firewall de Próxima Geração torna segurança inteligente e proativa para defender redes e dispositivos IoT contra ameaças

À medida que o trabalho ficou remoto, aumentou também à exposição a ameaças de redes empresariais. Hackers analisam padrões de vulnerabilidade e falhas para efetuar novos ataques aos sistemas organizacionais. Entretanto, paralelamente, a tecnologia de segurança também evolui. Para auxiliar, proativamente, de forma inteligente o bloqueio das ameaças, a Palo Alto Networks lançou o NGFW (sigla em inglês para Firewall de Próxima Geração) com machine learnig (ML). A tecnologia incorpora o machine learning no núcleo do firewall para interromper as ameaças, proteger dispositivos IoT e implementar políticas de segurança – redefinindo o padrão de segurança de rede.

“Treze anos atrás, mudamos completamente a segurança de rede quando criamos o firewall de próxima geração”, diz Nir Zuk, Fundador e CTO da Palo Alto Networks. “Como as redes empresariais estão aumentando – com nuvens híbridas, dispositivos IoT e home office -, os ataques evoluem de forma rápida e, automaticamente, precisamos de uma nova abordagem radical à segurança cibernética. O PAN-OS versão 10.0 introduz o primeiro NGFW com machine learning do mundo que aprende continuamente e aprimora de forma proativa a segurança, com intuito de que os profissionais de segurança não apenas mantenham o ritmo, mas fiquem sempre à frente”.

O NGFW com tecnologia de machine learning da empresa, promete ajudar as organizações a proteger até 95% das ameaças desconhecidas de arquivos e na Web instantaneamente; automatizar as recomendações de políticas de segurança para economizar tempo e reduzir a chance de erro humano; adaptar e fornecer proteção instantânea em tempo real; e ampliar a visibilidade e a segurança de todos os dispositivos, incluindo dispositivos IoT não gerenciados – sem a necessidade de implantar sensores adicionais.

Além disso, o PAN-OS 10.0 apresenta a CN-Series, um form factor em contêiner para o NGFW com ML e mais de 70 novos recursos, incluindo ‘descriptografia’ mais fácil, cluster de alta disponibilidade, uma nova placa de hardware de alto desempenho, prevenção de ameaças e aprimoramentos de segurança do DNS.

O NGFW de ML com PAN-OS 10.0 apresenta várias novidades no setor de cibersegurança, segundo a Palo Alto Networks, incluindo:

Prevenção de malware e phishing em linha baseada em ML: Atualmente, invasores usam máquinas para transformar automaticamente os ataques, as assinaturas se tornam menos valiosas na prevenção desses ataques. Antes, os produtos de segurança de rede usavam apenas modelos de machine learning detecção Out-of-Band (fora dos padrões). Agora, o NGFW da Palo Alto Networks usa modelos de ML em linha para ajudar a evitar ataques desconhecidos.

Atualizações de assinatura “Zero-delay”: A Palo Alto Networks já se destaca no mercado na redução do tempo de reação a ameaças de dias para minutos. Agora, introduz proteção contra atraso zero (Zero-delay), resultando em uma redução de 99,5% nos sistemas infectados.

Segurança IoT integrada baseada em ML: Novos dispositivos de IoT estão proliferando, muitas vezes ingressando na rede sem segurança e sem o conhecimento da Segurança da Informação. O novo Palo Alto Networks IoT Security foi desenvolvido com ML para oferecer visibilidade completa do dispositivo, incluindo dispositivos novos na rede; destacar anomalias e vulnerabilidades; e recomendar políticas de segurança apropriadas – tudo sem a necessidade de sensores ou infraestrutura adicionais.

Política de segurança baseada em ML: O NGFW baseado em ML usa aprendizado de máquina para analisar grandes quantidades de dados de telemetria e, em seguida, recomenda políticas de segurança. Com o PAN-OS 10.0 e a IoT Security, os clientes poderão visualizar e adotar as recomendações de política de segurança de IoT para um comportamento seguro do dispositivo. Isso economizará tempo, reduzirá a chance de erro humano e ajudará a proteger dispositivos IoT.

Fonte: CIO