Aquisição segue estratégia de expansão da nuvem pública da gigante da tecnologia para o segmento de serviços financeiros

block-chain-2850276_1280-1.jpg

A IBM assinou acordo definitivo para adquirir a startup de soluções de gerenciamento de postura de segurança cibernética em nuvem Spanugo. Os termos do contrato e o valor da transação não foram revelados. Analistas de mercado sugerem que o negócio foi fechado pela gigante de tecnologia para atender às necessidades de conformidade e segurança de clientes de sua nuvem pública — especialmente os do setor financeiro.

Fundada em 2017, a Spanugo tem sede em Santa Clara, na Califórnia, e sua tecnologia é voltada para o monitoramento de ameaças em tempo real e outros problemas de conformidade. Com a incorporação, ela será integrada à IBM Public Cloud. A empresa afirma que sua tecnologia protege dados e cargas de trabalho confidenciais em nuvens híbridas, automatizando a análise e o gerenciamento da configuração, com a implementação das melhores práticas de segurança.

A aquisição, segundo a IBM, segue a estratégia de expansão de sua nuvem pública para o segmento de serviços financeiros, cujo objetivo é ajudar as instituições a estarem em conformidade com leis e regulamentos do setor, garantindo a segurança e resiliência necessárias. A solução da Spanugo fornece controles preventivos e compensatórios para cargas de trabalho, de acordo com os regulamentos dos sistemas financeiros, diz a gigante da tecnologia.

A IBM planeja integrar o software da Spanugo à sua nuvem pública, para acelerar o lançamento de um centro de controle de segurança, que responderá pelo gerenciamento, controle e monitoramento de compliances.

Depois de integrar a tecnologia, a IBM pretende alavancar a certificação de criptografia para fornecer suporte a várias arquiteturas, além de controles compensatórios e conformidade de segurança proativa e automatizada para empresas dos setores financeiro e de saúde.

No geral, as empresas que operam nos setores financeiro, de saúde e seguros, juntamente com as telecomunicações, precisam processar informações confidenciais e cargas de trabalho críticas, de acordo com os regulamentos e compliances vigentes.

“A IBM está comprometida em criar a nuvem pública mais segura e aberta do setor para negócios. Com a aquisição da Spanugo, demos um passo importante para o avanço dos recursos de segurança e conformidade para atender nossos clientes corporativos, incluindo aqueles em setores altamente regulamentados”, disse Howard Boville, vice-presidente sênior de nuvem da companhia, durante o anúncio.

Em outubro do ano passado, a IBM anunciou a primeira nuvem de serviços financeiros do mundo, destinada a empresas que atuam nos segmentos bancário e de seguros. A plataforma foi construída na Public Cloud da IBM e começou a hospedar mais de 66 milhões de aplicativos e cargas de trabalho de clientes do segmento bancário. Com agências de notícias internacionais.

Fonte: CISO Advisor (https://www.cisoadvisor.com.br/ibm-adquire-startup-de-seguranca-em-nuvem-spanugo/)