Fabio Correa Xavier, CIO do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, destaca os principais desafios ao reescrever processos e apostar em novos projetos de tecnologia e conscientização com foco na conectividade e proteção de dados. Case de sucesso foi um dos finalistas no Prêmio Security Leaders

Por: Bruno Silva

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo – TCESP vem se transformando digitalmente revisando processos e incluindo novos projetos a fim de manter ambiente seguro e conscientizar os colaboradores sobre a importância da Segurança da Informação. Essa iniciativa levou o TCESP a se inscrever no Prêmio Security Leaders – Case de Sucesso e ficar entre os finalistas na edição do ano passado.

O projeto intitulado “Revolução na SI do TCESP: Tecnologia, Procedimentos e Conscientização para um mundo cada vez mais conectado” foi liderado por Fábio Correa Xavier, CIO do Tribunal de Contas, que contou com a participação e envolvimento da equipe de SI da instituição.

Segundo Correa, assim como todo o projeto em sua fase de discussão e implementação, foi necessário um grande investimento em informação e endomarketing para a criação do BITS, um Boletim Informativo que nasceu com objetivo de destacar e esclarecer – em uma linguagem simples – os principais assuntos e temas relacionados sobre Tecnologia e Segurança.

A “Revolução na SI do TCESP” foi idealizado e colocado em produção em 6 meses e que agora passou a ser uma ação constante e operacional. “Tivemos que mostrar a importância do assunto, que ultrapassa, inclusive, os limites da própria organização. Mudança da cultura interna, especialmente quanto ao fato de a SI ser responsabilidade de todos e não somente de TI”, comenta o executivo.

Lições Aprendidas

Uma das melhoras fases de qualquer projeto, é a finalização e os resultados expressivos que a tecnologia vem obtendo durante sua atuação. Fábio Correa, destacou alguns benefícios que essa ação trouxe para o Tribunal de Contas, como a queda no número de incidentes de segurança. Segundo ele, os colaboradores passaram a reportar e-mails com Phishing, começando a aplicar essas orientações para a vida particular.

Além disso, as lições aprendidas de liderança e trabalho colaborativo tem se estendido até os dias atuais, com impacto da quarentena devido ao COVID-19. “Em tempos de pandemia, o TCESP continua executando suas atividades e estamos partindo para ter todos os recursos necessários 100% digitais”, conclui.

Fonte: Security Report