Estudo da Forrester diz que é imperativo que os líderes de segurança saiam de suas zonas de conforto e se adaptem às circunstâncias atuais

 

Relatório apregoa que CISOs devem ser transformacionais

Relatório recente publicado pela Forrester, intitulado “O futuro do CISO”, identifica os seis perfis de líderes de segurança da informação descobertos a partir de uma pesquisa. O levantamento foi realizado em janeiro quando o novo coronavírus ainda não havia se disseminado globalmente.

Mas o fato é que a covid-19 mudou o cenário da segurança da informação para os CISOs: funcionários trabalhando remotamente com dispositivos na maioria das vezes não fornecidos pelas empresas, dados fluindo aleatoriamente e planos estratégicos se desintegrando. Portanto, ainda que os seis perfis de CISO tenham sido detectados, agora o estudo prescreve que “todo líder de segurança terá de ser um CISO transformacional”.

Apesar do atrito interno quando se está mudando o estilo de liderança, é imperativo que os líderes de segurança saiam de suas zonas de conforto e se adaptem às circunstâncias atuais. O relatório recomenda que para obter vitórias rápidas em razão da mudança de comportamento no curto prazo e para liderar as equipes de forma eficaz durante esses tempos turbulentos, os CISOs devem:

  • Liderar com empatia — A empatia deve ser a base da abordagem das lideranças. Com as pressões externas e internas colidindo, o estudo destaca que a empatia é a melhor habilidade interpessoal de um CISO.
  • Aprenda a prosperar no caos — Reduza seu poder. Em vez disso, adapte-se às circunstâncias atuais para ajudar sua organização a sobreviver nesse período volátil.
  • Apenas diga sim — Não se preocupe com as imperfeições de curto prazo do seu programa de segurança atual e se concentre mais em como poderá obter vitórias rápidas e adotar outras coisas que “simplesmente funcionam”.
  • Reconheça a força da vulnerabilidade —Humanize-se com sua equipe, pois isso aliviará o estresse dos funcionários. Estenda-se com os colegas que tenham a mesma opinião, pois garantirá que você não está sozinho e fortalecerá sua confiança de que está fazendo o que é certo.

Fonte: CISO Advisor