Governo da Bahia aposta no modelo de SI integrada a fim de manter 30 mil dispositivos mais seguros, utilizando menos recursos com tecnologia da McAfee

A Prodeb fornece os serviços de TI para aproximadamente 80 órgãos governamentais da Bahia e tem como propósito assegurar ao governo o domínio na aplicação de soluções de TI aos órgãos da administração estadual, que atendem aos mais de 13 milhões de cidadãos baianos. Desde a sua fundação, em 1973, a Prodeb vem se adaptando às necessidades de TI do governo – instalou o seu data center, ampliou a rede óptica de alta velocidade e aumentou seu poder de processamento e armazenamento.

Para fortalecer a política de segurança para os dados, ampliar a eficiência operacional e proteger mais de 30 mil dispositivos, a instituição conta com a parceria da McAfee com uso da plataforma de segurança integrada, incluindo o McAfee Endpoint Security integrado ao McAfee Threat Intelligence Exchange e ao McAfee Web Gateway.

Hoje, a Prodeb dedica uma atenção especial ao quesito segurança e suporta o funcionamento do governo 24/7. “Este desafio vem se intensificando com a chegada dos grandes eventos, como as eleições políticas, que tornam o governo um alvo mais atrativo para hackers” diz o Diretor Executivo da Prodeb, Samuel Araújo.

“A parceria com a McAfee alavancou nossa estratégia de segurança para um novo nível de maturidade. Agilizamos o atendimento das demandas dos clientes, aumentamos a proteção dos dados dos órgãos e reduzimos os incidentes de segurança e o número de conexões a sites maliciosos”, completa o executivo.

Proteção Avançada

Alguns anos atrás, a equipe de segurança da informação da Prodeb identificou que a proteção de terminais com base em assinatura, em pouco tempo, deixaria de ser suficiente para proteger os terminais do governo.

“Ao examinarmos as opções para proteção avançada contra ameaças, optamos pela plataforma de segurança integrada da McAfee, pois todos os nossos terminais poderiam compartilhar informações de ameaças entre si e com outros sistemas em nosso ambiente por meio da camada de troca de dados Data Exchange Layer (DXL),” lembra o Diretor de Infraestrutura Tecnológica e Conectividade da Prodeb, Carlos Augusto Borges.

Além de implementar o software de proteção de endpoint com o conjunto de proteção McAfee Complete Endpoint Threat Protection, a Prodeb implementou o McAfee Threat Intelligence Exchange para compartilhar de forma bidirecional informações de reputação de ameaças globais e locais em toda a empresa e integrou ainda com o McAfee Web Gateway e sistemas de Prevenção de Intrusão McAfee Network Security Platform (IPS).

“A plataforma de segurança integrada da McAfee permite que mais de 20 sites diferentes, cada um com a administração local, gerencie mais facilmente a segurança e compartilhe informações sobre ameaças,” diz Wlader Peres, Gerente de Tecnologia da Prodeb.

Quando a equipe da Prodeb implementou a tecnologia de endpoint, apoiada pela XSITE, empresa parceira da McAfee, todas as funcionalidades avançadas de proteção contra ameaças da solução Dynamic Application Containment (DAC) e Real Protect foram aproveitadas. O DAC coloca em quarentena automaticamente o grayware e ameaças suspeitas do tipo “zero-day” quando comportamentos maliciosos são detectados, impedindo-os de infectar os sistemas do Governo da Bahia ou impactar os usuários.

O Real Protect baseado em nuvem usa aprendizado de máquina e inteligência global de ameaças atualizada continuamente para investigar e classificar ameaças. “São tecnologias que nos oferecem recursos sofisticados de detecção que ajudam a interromper o malware antes que ele possa causar danos,” diz Peres.

Compartilhamento de informações

“Assim que nossos terminais protegidos pela McAfee encontram uma ameaça, eles compartilham essas informações instantânea e automaticamente com todos os terminais por meio da rede DXL e do McAfee Threat Intelligence Exchange. Isso mantém todo o nosso ambiente mais protegido e economiza recursos de infraesttutura e tempo que, de outra forma, seriam gastos na correção,” explica Peres.

Com isso, se um usuário final encontrar um site malintencionado, a ferramenta compartilha imediatamente essas informações para que outros dispositivos sejam impedidos de acessá-lo. “Desde as iniciativas e parceria com a McAfee, o número de incidentes de segurança de dispositivos e evidências de conexões maliciosas à Internet caíram em toda a empresa,” afirma Peres.

Sempre de olho no futuro, a Prodeb fez investimentos no seu data center com destaque para a aquisição de solução de nuvem privada, melhorando os resultados em agilidade e flexibilidade. Com a plataforma de segurança integrada da McAfee, a companhia vem construindo uma base sólida sobre a qual pode estender as suas políticas de segurança na nuvem.

“É bom saber que podemos continuar desenvolvendo a plataforma de segurança integrada da McAfee, assim, poderemos continuar aproveitando seus benefícios e aplicá-los à nuvem de maneira integral,” conclui Peres.

Fonte: Security Report