Visa usa recursos de inteligência artificial para impulsionar pagamentos digitais seguros e contribuir para o crescimento das empresas

A Visa anuncia hoje uma análise que mostra como sua ferramenta de gerenciamento de risco, Visa Advanced Authorization (VAA), ajudou as instituições financeiras a impedirem a efetivação de fraudes estimadas em US$2 bilhões ao ano em toda a América Latina e o Caribe em 2019 com o uso da inteligência artificial (IA). A ideia é tornar o ecossistema de meios eletrônicos de pagamentos global mais seguro para estabelecimentos comerciais e consumidores.

A VAA é uma ferramenta de gerenciamento de risco completa que monitora e avalia em tempo real as compras realizadas na rede global de pagamentos da Visa, a VisaNet, a solução detecta possíveis fraudes. A VAA usa IA para analisar mais de 500 atributos e gerar uma pontuação de risco para cada transação em cerca de um milissegundo, tudo para que as instituições financeiras tenham mais subsídios para decidir se aprovam ou não uma compra.

Além de prevenir fraudes, a VAA ajuda a reduzir o desgaste que as transações equivocadamente negadas causam aos consumidores. Com mais de 478 milhões de cartões de pagamento Visa e um volume de pagamentos de US$430 bilhões na América Latina e no Caribe em 2019, a prevenção de fraudes e a promoção do crescimento empresarial dão suporte à região à medida que ela avança em sua transformação digital.

“Segurança e conveniência são as grandes prioridades dos latino-americanos, e o crescente número de consumidores digitais querem uma experiência de pagamento sem atritos”, diz Eduardo Perez, chefe regional de Risco da Visa para a América Latina e o Caribe. “O uso de inteligência artificial pela Visa está ajudando empresas da América Latina e do mundo todo a melhorarem a experiência do cliente, impulsionando o crescimento dos negócios e reduzindo as ameaças à segurança dos pagamentos”, completa.

Fonte: Security Report