Relatório Global de Tendências e Ameaças de Segurança Digital da KnowBe4 revela que empresas e instituições enfrentam significativos desafios quando se trata de iniciativas de proteção dos dados

foto-criado-por-onlyyouqj---br_fr

A KnowBe4 anunciou  os resultados do Relatório Global de Tendências e Ameaças de Segurança Digital de 2019. A pesquisa envolveu 600 organizações para entender quais são os principais problemas de segurança cibernética e quais serão os desafios enfrentados nos próximos 12 a 18 meses. O relatório também abrange iniciativas, ameaças mais persistentes e quão bem as organizações estão equipadas para lidar com elas, além de outros assuntos.

“Este estudo mostra por que é realmente uma boa ideia orientar os usuários por meio destes novos tipos de treinamentos de conscientização de segurança”, diz Stu Sjouwerman, CEO da KnowBe4. “As ameaças não desaparecerão tão cedo. Atacantes estão ficando cada vez mais inteligentes. Por isso as organizações precisam criar um verdadeiro firewall humano de proteção. Estes devem ser os seus usuários finais, que vão garantir e proteger melhor os seus negócios”, complementa.

DESTAQUES DO RELATÓRIO

  • A maioria das empresas (86%) ampliou iniciativas de segurança cibernética de maneira proativa no último ano.

  • Quase nove entre 10 empresas (89%) afirmam estar melhores equipadas para lidar com ameaças à segurança cibernética se comparado a 2018.

  • Três quartos (76%) das organizações que responderam a pesquisa disseram que a maior e mais persistente ameaça à segurança cibernética vem do “inimigo interno” — usuários finais descuidados — que clicam regularmente em links suspeitos e colocam as instituições em risco iminente frente a ataques de phishing por e-mail, ransomware, esquemas fraudulentos e várias outras estratégias de engenharia social.

  • 58% das organizações citam restrições orçamentárias como um desafio contínuo na atualização da segurança cibernética.

 

Confira o relatório completo neste link: https://bit.ly/36pNrFM

Fonte: Security Report