A companhia, em parceria com VMWare e SilverPeak, lançam solução de segurança na nuvem para proteger filiais das organizações com prevenção de ameaças, implementação flexível e gerenciamento unificado

A Check Point lança a solução Check Point Branch Office Security para transformar a conectividade das empresas com serviços de segurança pela nuvem. As soluções Check Point CloudGuard Connect e CloudGuard Edge disponibilizam prevenção a ameaças atualizadas em tempo real por meio da inteligência da ThreatCloud, flexibilidade na implementação de segurança em minutos nas empresas a partir da nuvem ou on-premise (no local), com uma integração perfeita com os principais fornecedores de SD-WAN, como a VMware e Silver Peak, e uma plataforma de gestão unificada de acesso a ameaças que pode reduzir os custos operacionais em até 40%.

À medida que as empresas transferem cada vez mais suas cargas de trabalho e aplicativos das filiais locais para aplicações SaaS, elas estão adotando a SD-WAN (Software-defined – Wide-Area Network, ou, em português, abordagem definida por software para gerenciar uma rede de longa distância) para rotear de forma inteligente o tráfego para os serviços em nuvem. No entanto, conectar diferentes filiais diretamente à nuvem aumenta de forma significativa os riscos e os custos de gestão de segurança. As filiais de empresas não estão mais sob a proteção de uma segurança centralizada de um data center, o que as expõe, e à WAN corporativa a ataques multivetores sofisticados de geração 5 (Gen V).

“A mudança para SD-WAN requer segurança integrada para proteger as empresas contra ameaças de segurança da Gen V. As empresas esperam um nível de segurança elevado, mesmo em suas filiais”, esclarece Itai Greenberg, vice-presidente de marketing e gerenciamento de produtos da Check Point. “Com as soluções CloudGuard Connect e CloudGuard Edge, as empresas podem agora utilizar o melhor software de prevenção de ameaças da Check Point para proteger suas organizações contra as mais recentes ameaças de segurança zero day e da Gen V.”

“Proteger as conexões SD-WAN com a nuvem é essencial, tendo em conta as atuais ameaças cibernéticas avançadas”, afirma Sanjay Uppal, vice-presidente VMware e gerente geral da VeloCloud. “Estamos entusiasmados em ser parceiros da Check Point para ajudar a impulsionar a transformação na conexão das diversas filiais à nuvem.”

“Por meio da parceria entre a Silver Peak e a Check Point, as organizações de TI podem adotar com confiança um modelo de segurança centrado na nuvem, configurando e determinando políticas de segurança uniformes de WAN com apenas alguns cliques”, diz Chris Helfer, vice-presidente sênior de alianças estratégicas na Silver Peak. “A plataforma de borda Silver Peak® Unity EdgeConnect™ SD-WAN gerenciada pelo Silver Peak Unity Orchestrator ™, atende automaticamente aos aplicativos da cadeia de serviços das soluções Check Point CloudGuard Connect e CloudGuard Edge”.

A Check Point fornece às organizações uma solução integrada de prevenção de ameaças avançadas, reduzindo a complexidade e o custo total de propriedade (TCO – Total Cost of Ownership). Com o CloudGuard Connect e o CloudGuard Edge, a Check Point protege o acesso à Internet das filiais contra ameaças sofisticadas, com provisionamento inteligente, com escalabilidade e controle consistente. Ao contrário de outras soluções que apenas detectam, a Check Point impede ameaças como:

  • Prevenção de ameaças com 100% de taxa de captura;
  • Soluções inovadoras com solução patenteada de inspeção de CPU para impedir a infecção dos ataques mais sofisticados e perigosos de Gen V e ataques de dia zero.

A prevenção contra ameaças do CloudGuard Connect mantém-se atualizada contra os mais recentes ataques cibernéticos de dia zero e ataques de Gen V através da ThreatCloud. A ThreatCloud é uma base de conhecimento, que fornece inteligência de segurança dinâmica em tempo real, e que reúne informações sobre 86 bilhões de decisões de segurança, 4 milhões de emulações de arquivos e 7.000 novos ataques todos os dias.

O Check Point CloudGuard Connect protege as conexões SD-WAN com a nuvem. O Check Point CloudGuard Connect implementa de forma transparente segurança nos diferentes escritórios onde o espaço é limitado e não há recursos de TI. Para empresas que exigem privacidade de dados ou requisitos de proteção de dados locais, o CloudGuard Edge pode ser implementado por meio de um gateway de segurança virtual, em equipamentos de TI existentes nas filiais, incluindo dispositivos SD-WAN ou uCPE (universal Customer Premise Equipment). Para fornecer às empresas a máxima flexibilidade, o Check Point CloudGuard Connect é integrado com os principais fornecedores de SD-WAN, incluindo VMware e Silver Peak.

As soluções Check Point CloudGuard Connect com CloudGuard Edge estão integradas na plataforma de prevenção e gestão de ameaças Check Point R80 e à arquitetura Infinity. Isso permite que as empresas tenham uma visão unificada do seu cenário de ameaças e a política de segurança em um só console, independentemente do serviço do CloudGuard que escolham adotar. Recebem atualizações em tempo real de ameaças pelo painel de ataques cibernéticos. A plataforma de segurança unificada é integrada com a arquitetura Check Point Infinity, aumentando a produtividade de segurança, permitindo que as empresas reduzam os seus custos operacionais em até 40%. As soluções Check Point CloudGuard Connect e CloudGuard Edge estarão disponíveis a partir de outubro de 2019.

Fonte: Security Report