Entre os membros do grupo estão 67 estados, 139 organizações internacionais e cíveis, e 358 companhias do setor privado.

A Huawei Technologies aliou-se ao “Apelo de Paris”, uma declaração com objetivo de inspirar ações coletivas por mais segurança no ciberespaço. Ao tornar-se signatária do “Apelo de Paris”, a Huawei une-se a outras 564 entidades que tornaram público seu compromisso em reforçar a segurança de produtos e sistemas digitais.
Anunciado pelo governo francês em novembro de 2018, o “Apelo de Paris” é uma declaração de compromisso em trabalhar de forma colaborativa em um dos assuntos mais desafiadores do mundo. Os membros atuam juntos para tornar produtos digitais mais seguros, reforçar a defesa coletiva contra cibercrimes e promover cooperação entre stakeholders através de fronteiras nacionais. Eles também se comprometem a seguir normas internacionais de comportamento responsável no ciberespaço.

Como empresa líder em fornecer informações e tecnologias de comunicação, a Huawei investe fortemente em pesquisas focadas em deixar seus produtos e soluções o mais seguro possível e é comprometida em garantir segurança para todos os seus clientes e usuários.

“A busca por melhor segurança serve de base para nossa existência”, disse John Suffolk, Executivo Global de Cibersegurança & Privacidade da Huawei. “Damos nosso total apoio a qualquer empreitada, ideia ou sugestão que possa melhorar a resiliência e segurança de produtos e serviços para governos, nossos clientes e seus consumidores. Apoiamos esta ação colaborativa global que tem como objetivo melhorar defesas contra cibercrimes, seguindo padrões internacionais e atuando com transparência e abertura”.

Como membro do “Apelo de Paris”, a Huawei irá advogar pela adoção universal de testes objetivos e verificação de padrões para todos os fornecedores de tecnologia. Ao depender de padrões de terceiros para testar a segurança da tecnologia criada por qualquer dessas empresas, podemos garantir que as decisões sobre o assunto são baseadas em fatos em vez de emoções ou retórica política.

A Huawei trabalha com governos, empresas privadas e sociedade cível para promover medidas de capacitação que tornam o mundo digital mais seguro.

Em 2019, a Huawei manteve-se em trajetória contínua de crescimento graças aos bons resultados em suas diversas áreas de atuação. A empresa recentemente avançou 11 posições e conquistou o 61º lugar no prestigiado ranking Fortune Global 500, que mede a fortaleza, tamanho e competitividade internacional das companhias presentes. A Huawei do Brasil também registrou crescimento de 23,2% no faturamento da primeira metade de 2019, impulsionado pelo aumento na produção e expedição de equipamentos de TIC, smartphones, tablets, PCs e wearables.

Fonte: Security Report