No entanto, o Departamento de Justiça daquele país não revelou os nomes das empresas que serão investigadas

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos anunciou no final de julho, a abertura de uma investigação ampla para descobrir o possível envolvimento de grandes empresas de tecnologia em práticas anticompetitivas. As informações são da Reuters.

De acordo com a agência de notícias, o comunicado do órgão do governo norte-americano aponta que vai analisar “se e como as plataformas on-line líderes de mercado alcançaram poder no mercado e estão realizando práticas que reduziram competição, inibiram a inovação, ou prejudicaram os consumidores de outra forma”.

Apesar de não revelar os nomes das companhias que serão investigadas, o Departamento de Justiça aponta que irá analisar preocupações levantadas sobre “buscas, redes sociais e alguns serviços on-line de varejo”, em uma aparente referência ao Google, Facebook e Amazon, conforme a Reuters.

E essa não foi a única iniciativa do governo dos EUA relacionada às gigantes de TI nesta semana. Isso porque a Comissão Federal de Comércio dos EUA, a FTC, anunciou no fim de julho, uma multa recorde de 5 bilhões de dólares para o Facebook por conta das práticas de privacidade da rede social.

Fonte: ComputerWorld