Últimos avanços ajudam a proteger nuvem, contêineres e e-mails corporativos

A Trend Micro anuncia melhorias na Deep Security™ e produtos do Cloud App Security, projetados para estender a proteção a máquinas virtuais no Google Cloud Platform, à plataforma Kubernetes e integração de digitalização de imagens de contêiner com o Google Kubernetes Engine (GKE) e o Gmail no G Suite.

“Um número crescente de empresas está investindo no Google Cloud e Kubernetes para impulsionar eficiências e agilidade nos negócios. É fundamental que as empresas se lembrem que eles compartilham a responsabilidade do que eles colocam na nuvem”, conta o vice-presidente executivo de defesa de rede e segurança de nuvem híbrida da Trend Micro, Steve Quane.

Para atender a essa necessidade, a Trend Micro criou um Conector do Google Cloud Platform (GCP) que permite a descoberta, a visibilidade e a proteção automatizadas de instâncias de máquinas virtuais do GCP. Isso facilita o gerenciamento, fornecendo uma visão instantânea de todas as cargas de trabalho do GCP, mostrando quaisquer máquinas virtuais que possam ter sido implantadas fora do âmbito de segurança ou sob a sombra dos projetos de TI.

Esse recurso do Deep Security tem a capacidade de implantar automaticamente a política por meio de fluxos de trabalho automatizados, combater malwares avançados, aprimorar segurança da rede e do sistema e capturar telemetria de carga de trabalho para investigações de ameaças. Usuários de containers podem se beneficiar da proteção da plataforma Kubernetes em tempo de execução com as regras de prevenção contra invasão (IPS) do Deep Security, monitoramento de integridade e inspeção de registro.

A abordagem de IPS da solução permite inspecionar o tráfego leste-oeste e norte-sul entre os contêineres e camadas de plataforma como o Kubernetes. Além disso, o Deep Security da Trend Micro fornece digitalização de imagens de contêiner no pipeline de construção para vulnerabilidades, malwares, segredos incorporados / chaves e verificações de conformidade.

Implantado como um Gráfico de Comando do Kubernetes, essa imagem digitalizada do contêiner simplifica a implantação de segurança em serviços populares como o Google Kubernetes Engine (GKE), Serviço Azure Kubernetes (AKS) e Amazon Elastic Container Service para Kubernetes (EKS).

Pesquisas continuam mostrando que o e-mail continua sendo um dos vetores de ameaças mais populares, o que levou a Trend Micro a expandir sua popular plataforma Cloud App Security para oferecer suporte aos usuários do Gmail no G Suite. As organizações estão buscando cada vez mais serviços de e-mail em nuvem para impulsionar produtividade e agilidade.

Fonte: Security Report