Segundo Kaspersky, criminosos podem obter ganhos de diversas formas, incluindo visualizações na página e instalação de programas maliciosos.

Cibercriminosos estão usando a campanha Outubro Rosa, que tem o objetivo de alertar sobre a prevenção do câncer de mama e de colo de útero, para enganar brasileiros pelo WhatsApp. As informações são da Kaspersky Lab.

Conforme a empresa de segurança, o golpe envia mensagens falsas para os usuários pelo app de mensagens afirmando que diversas lojas do país se uniram para distribuir camisetas para apoiar a campanha.

Como em outros casos do tipo já registrados, os criminosos afirmam que para ganhar uma camiseta as vítimas precisam responder a um questionário, dividido em três etapas, e compartilhar a suposta ação promocional com 10 contatos pelo WhatsApp.

No entanto, feito isso, o usuário é direcionado a um site falso que solicita a instalação de uma rede privada virtual, ou VPN, já em uma tentativa dos golpistas de monetizarem a ação enganosa.

outubrorosawhatsapp01.jpg

“Podemos ver que o criminoso ganha de muitas formas, seja pelos milhares de page-views no site da enquete com propagandas, seja em um esquema de pay-per-install ou até mesmo com a instalação de programas maliciosos, como já vimos anteriormente”, explica o analista sênior de segurança da Kaspersky Lab, Fabio Assolini.

Entre outras coisas, a companhia diz que os usuários devem ficar atentos e desconfiar de ações promocionais e ofertas recebidas via WhatsApp, não clicar em links, especialmente recebidos de desconhecidos, e manter uma solução de segurança atualizada no smartphone.

Fonte: IDG Now