Dois terços dos fabricantes alemães foram impactados por incidentes, segundo pesquisa

Dois terços dos fabricantes alemães foram impactados por ataques cibernéticos gerando um custo de 43 bilhões de euros para a indústria da maior economia da Europa, segundo um estudo publicado pela associação do setor de tecnologia da informação da Alemanha. As informações são da agência Reuters.

A Bitkom, associação da indústria, entrevistou 503 alto executivos e chefes de segurança do setor na Alemanha e descobriu que as pequenas e médias empresas, que são a espinha dorsal da economia, são particularmente vulneráveis a ataques cibernéticos.

O estudo identificou riscos em todo o setor, com um terço das empresas pesquisadas informando roubo de celulares e um quarto delas afirmando que perderam dados digitais sensíveis.

Segundo a pesquisa, há evidências de que criminosos cibernéticos também estão usando outras técnicas para prejudicar seus concorrentes alemães, com 19% dos entrevistados dizendo que seus sistemas de TI e produção foram digitalmente sabotados, e 11% reportando violações de suas comunicações.

*Com informações da agência Reuters

Fonte: Seucrity Report