Investimento faz parte da estratégia da companhia de aumentar as receitas em segurança cibernética nos próximos anos

A Service IT anunciou a expansão de seu Centro de Operações de Segurança (SOC). Localizado em São Leopoldo, RS, junto ao Parque Tecnológico de São Leopoldo (Tecnosinos), o SOC funciona em conjunto com os centros de operações da Service IT em São Paulo e na Argentina.

De acordo com Leonardo Lemes, diretor de segurança cibernética da Service IT, diante do conjunto de ameaças cada vez mais avançadas e de um cenário desafiador de transformação digital dos negócios, as empresas precisam ter foco no negócio – atividade-fim –, ao mesmo tempo em que têm de pensar em estratégias adequadas para fazer frente a essas ameaças cibernéticas. “O SOC é parte importante dessa estratégia, seja interno ou externo, e contribui para prevenir, detectar, avaliar e, muito importante, responder a ameaças e incidentes”, diz Lemes.

O SOC da Service IT é composto por uma equipe multidisciplinar que atua em turnos 24 horas por dia, além de uma instalação dedicada e organizada para responder a ameaças de segurança cibernética. “Acreditamos que as pessoas, junto com a melhoria contínua dos processos e a integração com as tecnologias dos nossos parceiros globais, nos concedem um diferencial competitivo. Contamos com a expertise de profissionais qualificados e experientes, que tornam os processos mais eficientes”, afirma Lemes.

Ainda de acordo com o executivo, alguns clientes da companhia optam por manter um network operations center (NOC) e um SOC com o mesmo fornecedor, pois não querem a complexidade natural da gestão de diversos fornecedores. Para esses clientes, a Service IT aposta em uma oferta personalizada, que integra os processos de operação de rede e segurança cibernética. Já para os clientes que preferem manter essas operações com fornecedores distintos, a oferta também se aplica, visto que é possível definir os fluxos de operação, de maneira a cooperar com o NOC do cliente.

A expansão do SOC iniciou-se após a aquisição da empresa Defenda, especializada em segurança da informação, realizada pela Service IT no início de 2018, como parte de uma estratégia que visa quadruplicar as receitas com defesa virtual em um intervalo de dois anos.

Fonte: Security Report