Segundo comunicado da companhia, informações de contato, endereços de e-mail e senhas criptografadas podem ter ficado expostas; a empresa afirma não acreditar que cartões de crédito ou registros de atividades físicas tenham sido comprometidos.

A adidas, marca de produtos esportivos alemã, veio a público informar que, devido a uma brecha de segurança, dados de milhões de clientes podem ter ficado expostos. A empresa emitiu uma nota em seu blog, alertando sobre o ocorrido.

Segundo a companhia, dentre eles estão: informações de contato, como endereços e e-mails, bem como as senhas criptografadas. A adidas alega que é improvável que os dados de cartão de crédito e registros de atividades físicas tenham sido comprometidos.

A notícia sobre a brecha foi conhecida pela empresa no dia 26 do mês passado, mas não se sabe desde quando ela existia. Também não foram revelados quantos clientes foram afetados e a companhia afirma estar trabalhando com especialistas forenses para investigar as causas do problema.

O vazamento da adidas não é o único no setor varejista. Empresas como Best Buy, Sears e Under Armour também já foram vítimas de ciberataques esse ano.

* Com informações da adidas

Fonte: Security Report