Organizações pretendem analisar o estado da cibersegurança nas Américas e sensibilizar líderes governamentais, empresas e a sociedade em torno do tema.

Organização dos Estados Americanos (OEA) e a Amazon Web Services (AWS) publicaram relatório colaborativo e com ele convidam a uma reflexão sobre as oportunidades da economia digital e os riscos da insegurança cibernética.

Esta publicação é a segunda de uma série que busca, junto com outras iniciativas, analisar o estado da cibersegurança nas Américas e sensibilizar os líderes governamentais, empresas e a sociedade em geral em torno do tema. O primeiro relatório conjunto foi chamado de “Um chamado à ação para proteger os cidadãos, setor privado e Governo”.

Com o título de “Gestão do Risco Cibernético Nacional”, o documento incorpora a análise de quatro marcos estratégicos (governamentais, internacionais, acadêmicos e técnicos) para que os governos possam implementar estratégias que garantam a segurança no ciberespaço aos cidadãos, empresas e administrações. O informe também expõe uma metodologia para a gestão do ciber risco a longo prazo, assim como algumas recomendações para a definição e implementação de indicadores de desempenho.

O Secretário Geral da OEA, Luis Almago, assegurou que “um dos principais desafios comuns que os países das Américas – e o mundo inteiro – enfrentam é a necessidade de ter uma agenda integrada em torno da cibersegurança. Com esta publicação, pretendemos impulsionar uma necessária conversa sobre a importância de aprofundamento no processo de digitalização”. O Secretário Geral destacou que “ao mesmo tempo, queremos assegurar que todos estes decisivos avanços sejam feitos de forma segura e sustentável. Este documento é mais um resultado da bem-sucedida colaboração entre a OEA e a Amazon Web Services, que esperamos que seja mantida e ampliada no futuro”.

No acordo, Jeff Kratz, Diretor Geral de Setor Público da AWS para América Latina, Canadá e Caribe, assinala que, “AWS tem muito interesse em continuar a colaboração com a OEA nas Américas para que as empresas de todos os tamanhos, governos e os cidadãos possam ser mais conscientes e saber como gerir os riscos de segurança cibernética. É importante oferecer conhecimento e recomendações para fortalecer a segurança cibernética”.

A publicação conta com a contribuição de Melissa Hathaway, autora principal e membro do Conselho de Regentes no Instituto Potomac para Estudos Políticos. Nos próximos meses, a OEA e AWS lançarão uma publicação que aborda as oportunidades e riscos da cibersegurança para pequenas e médias empresas, assim como outros documentos focados em aumentar o nível de conhecimento para líderes políticos e empresariais de toda região.

Para mais informações, acesse o documento.

Fonte: Security Report