Brasil foi o 5º país mais visado por esse tipo de ataque em 2017; órgão tomou medidas para aprimorar capacidade de detecção e mitigação de ameaças, com objetivo de assegurar disponibilidade dos recursos de rede.

O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), responsável por implementar as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) escolheu a plataforma SP da NETSCOUT Arbor para fortalecer a capacidade de defesa do seu Centro de Operações de Rede, protegendo sua infraestrutura contra os ataques de negação de serviço, ou DDoS (Distributed Denial of Service).

Em 2017, o Brasil foi o quinto país mais visado por ataques DDoS. Esse quadro levou o NIC.br a tomar medidas proativas para aprimorar a capacidade de detecção e mitigação de ameaças, com o objetivo de assegurar a disponibilidade de seus recursos de rede.

A plataforma NETSCOUT Arbor SP oferece recursos abrangentes de visibilidade e geração de relatórios para que o NIC.br possa detectar e entender as ameaças à disponibilidade de seus recursos de rede, além de aprimorar a engenharia de tráfego, os relacionamentos de peering e o desempenho de serviços. Componente essencial da solução SP, o sistema de gerenciamento de ameaças, TMS (Threat Management System), remove cirurgicamente o tráfego de ataque da rede sem interromper seus serviços essenciais.

“Foi um projeto cuidadosamente pensado para reforçar nossa capacidade de resistência em um cenário de ataque”, diz o Gerente de Sistemas do NIC.br, Marcelo Gardini. “Hoje, quem quer que esteja conectado à Internet irá sofrer um ataque. Não se trata de ser ou não ser atacado. O ataque vai acontecer, e você deve estar preparado. Com a implementação da solução NETSCOUT Arbor, podemos realizar a mitigação de forma mais simples e automatizada. Várias técnicas de mitigação que utilizamos, estão agora integradas em uma única interface e uma única ferramenta”.

“É certamente uma honra ter nossa solução escolhida pela equipe altamente profissional do NIC.br. O time do NIC.br hoje domina todos os aspectos de nossa solução, conseguindo utilizar todos os recursos que oferece como ferramenta de proteção para reforçar a capacidade de resistência de seu NOC (Network Operations Center) e manter sempre disponível a sua rede”, disse Geraldo Guazzelli, country manager da NETSCOUT Arbor no Brasil.

Fonte: Security Report