Durante toda a temporada de férias, estima-se um aumento nos golpes pedindo por doações de caridade, ataques de phishing por e-mail, sites falsos de compras, golpes por mensagens de texto e SMS, entre vários outros

Os comerciantes estão se preparando para a temporada mais agitada do ano, que são as compras de Natal. Com um número cada vez maior de consumidores realizando compras online, recursos adicionais estão sendo adotados para que os clientes não tenham atrasos na busca pelo que desejam, nem ao fazerem transações.

A temporada de compras de fim de ano também é um grande evento para os cibercriminosos. Suas principais atividades de cibercrimes visando compradores e comerciantes nesta época são ataques de negação de serviço, invasões de ponto de venda e ataques por aplicativos na web. Mas estes crimes são apenas a ponta do iceberg. Durante toda a temporada de férias, estima-se um aumento nos golpes pedindo por doações de caridade, ataques de phishing por e-mail, sites falsos de compras, golpes por mensagens de texto e SMS, entre vários outros.

A América Latina, como uma das regiões com grande aumento de compras online no mundo, atrás somente da Ásia-Pacífico, apresenta urgência na proteção adequada do comércio eletrônico durante toda a temporada agitada de férias. Estima-se que até 2019, 151,1 milhões de latino-americanos usarão o comércio eletrônico para comprar produtos e serviços, gerando vendas de aproximadamente US$ 85 bilhões.

O México é o segundo país em comércio eletrônico da região, atrás apenas do Brasil, cujas vendas representam 42% do total de vendas online da região. A Argentina segue mais atrás, em terceiro, porém é considerada como o mercado latino-americano que mais cresce neste segmento, com aumento na atual participação de 8,9% nas vendas totais da região para 14,16% até 2019.

Na América Central, a líder do mercado de compras online é a Costa Rica, o único país desta região onde mais de 50% da população tem acesso à internet.2 A conveniência de fazer compras online para evitar aglomerações na América Latina é um fator muito importante. Na posição de líder do grupo, 20% ou mais da população da Colômbia prefere fazer compras online para fugir das multidões, seguida do Brasil, Argentina, Chile e Equador.

Então, além de verificar seu saldo do cartão de crédito e fazer listas de compras, você também deve verificar sua segurança ao fazer suas compras de fim de ano. Se você observar algumas regras simples, suas compras podem ser feitas de maneira segura e conveniente; veja abaixo:

– Verifique onde está

Nas últimas semanas, vimos que foi quebrado o WPA2, protocolo usado para proteger os dados que se deslocam entre o seu computador e os pontos de acesso sem fio. Isso significa que você deve pensar duas vezes ao fazer compras online usando o Wi-Fi público de um café ou lanchonete. Existem várias formas de interceptar sua conexão e usá-la para roubar suas informações de cartão de crédito, senhas e outros dados pessoais.

– Adote proteções

Certifique-se de que os seus dispositivos (computador, tablet ou smartphone) estão atualizados e com correções instaladas. Os provedores lançam atualizações do sistema operacional regularmente e muitos deles possuem correções de segurança importantes, que protegem de ataques e explorações conhecidos. As mesmas medidas de segurança para notebooks também se aplicam aos dispositivos móveis.

Verifique se a sua conexão é segura. Verifique a barra de URL no seu navegador e veja se o endereço começa com https:// , e não http://, o que significa que as transações são protegidas usando criptografia SSL.

Além disso, cuidado ao fazer download de novos aplicativos durante esse período de férias, principalmente no caso de aplicativos que não são baixados das lojas oficiais de aplicativos Android ou Apple.

– Compre em lojas conhecidas

Os comerciantes online de boa reputação usam transações seguras para permanecerem no mercado. Quando possível, use lojas que você conhece. Mesmo assim, existem riscos que você pode evitar verificando o link da web (URL). Este é realmente o site da loja que você pretende acessar? O site parece normal? O nome está escrito corretamente? O URL termina com o nome da loja seguido de .com, .net ou outros domínios normalmente usados?

– Acompanhe suas compras

É fundamental manter um registro de todas as suas compras online, incluindo o URL da loja onde você comprou, o item adquirido e o valor pago. Eu sei que é uma tarefa chata, mas acredite, você ficará feliz por ter feito isso se algum site for fraudulento e se você tiver que reivindicar o valor junto ao seu banco ou empresa de cartão de crédito.

Como aumentamos nossas compras e transações online e como nos conectamos mais às pessoas usando dispositivos inteligentes, temos que entender que essas conveniências trazem riscos. Os cibercriminosos são determinados e informados sobre as últimas tendências e como explorá-las. É por isso que precisamos dedicar tempo para aprender e preparar nossas compras, e alertar nossos amigos e familiares sobre esse assunto, para que nossas compras de fim de ano sejam com alegria e segurança.

Fonte: Security Report