Angelo Coelho, CSO da Oi, destaca a importância da inteligência cognitiva hoje no combate as ciberameaças e como essa tecnologia definirá a eficácia da Segurança corporativa de hoje em diante.

A Rússia é suspeita de interromper a rede móvel na costa oeste da Letônia por sete horas em 30 de agosto, disseram diplomatas da Otan e autoridades de segurança da Letônia. Um bloqueador de comunicações mirando a Suécia a partir de Kaliningrado pode ter sido usado.

A Lituânia suspeita que Moscou tenha visado o número 112, dos serviços de emergência do país, que falharam pela primeira vez em 13 de setembro, antes da fase mais intensa dos maiores exercícios militares russos, conhecidos como Zapad, ou Oeste, disseram as autoridades.

“A Rússia parece ter ligado um poderoso bloqueador de comunicações móveis em Kaliningrado, que não estava voltado para a Letônia, mas para Gotland, as Ilhas Aland”, disse o vice-presidente do Comitê de Segurança Nacional do Parlamento da Letônia, Karlis Serzants.

“Uma das bordas (do feixe) afetou a Letônia também”, disse ele à Reuters após ter sido informado por agentes da inteligência da Letônia.

O Ministério da Defesa da Rússia não respondeu a uma solicitação da Reuters de comentários sobre as alegações. Um porta-voz do Ministério da Defesa da Suécia disse que o ministério não estava ciente de nenhuma tentativa de interferência dirigida à Suécia.

Fonte: Agencia Reuters