Robô é capaz de concentrar e interpretar dados a partir de inteligência artificial por meio de tecnologia cognitiva.

O Itaú Unibanco começa a testar neste mês um robô capaz de concentrar e interpretar dados a partir de inteligência artificial por meio de tecnologia cognitiva, que permite aos computadores pensarem e aprenderem quase como humanos.

O Itaú é o primeiro banco do país a usar este robô e tem como objetivo aprimorar as informações de monitoramento e controle de circulação de pessoas e numerário nas agências para reforçar a atuação no combate aos ataques criminosos.

Fonte: IDG NOW!