Número corresponde a 15% dos clientes da corretora brasileira criada em 2001 e que hoje é uma das maiores do país. Caso está sob investigação da PF e MP.

Hackers roubaram dados de cerca de 29 mil clientes da corretora de investimentos brasileira XP Investimentos. As informações são dos jornais Folha de S.Paulo e Valor Econômico.

Segundo as reportagens, o ataque contra a base de dados da empresa aconteceu entre 2013 e 2014. No entanto, apenas no final do ano passado que os criminosos entraram em contato com a XP exigindo o pagamento de R$ 22,5 milhões para não divulgar as informações.

Como a XP não pagou o valor pedido, os hackers começaram a enviar mensagens diretamente para os clientes afetados para informá-los sobre o roubo dos seus dados.

Atualmente, o caso está sendo investigado pela Polícia Federal, pelo Ministério Público e o Banco Central, de acordo com a XP. Pelas características do caso, a investigação corre sob sigilo.

A XP destaca que os hackers não conseguiram roubar dados financeiros dos seus clientes, como registros e senhas, mas apenas informações de cadastro, como nome completo e endereço.

No entanto, como aponta a Folha, na mesma época do roubo dos dados três clientes da XP foram vítimas de fraude e tiveram R$ 500 mil cada desviados das suas contas na corretora — a empresa disse que já ressarciu os clientes.

Fonte: ComputerWorld