Segundo a ESET, Brasil foi o país mais afetado pela nova campanha maliciosa com 1,2 milhão de vítimas clicando em link do falso recurso.

Um novo golpe no WhatsApp já enganou mais de 1,2 milhão de pessoas no Brasil com a promessa de uma funcionalidade falsa que permitiria ver com quem os seus contatos estão conversando no aplicativo. 

De acordo com a empresa de segurança ESET, a campanha usa esse falso visualizador para, na verdade, inscrever o celular da vítima em um serviço pago de SMS, causando assim prejuízo financeiro.

No golpe, os criminosos enviam aos usuários do WhatsApp que promete ativar a suposta funcionalidade chamada de Visualizador de Conversas para WhatsApp. Ao clicar neste link, a vítima é direcionada para um site malicioso, em que é pedido que compartilhe o link em questão com seus contatos no app se inscreva no serviço de SMS Premium para poder liberar a ferramenta.

falsovisualizadorwhatsapp.jpg

A ESET destaca que a campanha criminosa teve início em 18 de novembro e já atingiu cerca de 1,5 milhão de pessoas pelo mundo, sendo que a grande maioria está justamente no Brasil, país mais afetado até o momento.

Esse é apenas mais um dos muitos golpes disseminados por criminosos no WhatsApp. Para se ter uma ideia, apenas em 2016 a ESET já identificou nove campanhas maliciosas deste tipo.

Fonte: IDG NOW