Em comunicado, OurMine publicou vídeo explicando hack do jogo comprado pela Microsoft e diz que vai passar todos os detalhes para a desenvolvedora.

 O mesmo grupo hacker que invadiu a conta de Mark Zuckerberg no Twitter descobriu agora uma maneira de acessar as contas conectadas ao conhecido game Minecraft.

Chamado de OurMine, o grupo fez a alegação em um vídeo em que demonstra o hack em questão. O ataque é direcionado à página de login da desenvolvedora do game, a Mojang, comprada em 2014 pela Microsoft por 2,5 bilhões de dólares.

O OurMine não está revelando todos os detalhes por trás do hack. O grupo disse que rouba cookies de Internet do site, que podem ser usados para sequestrar qualquer conta. Tudo que o OurMine precisa é do endereço de e-mail da vítima.

O hack poderia permitir que o grupo mudasse até mesmo a senha da conta, segundo o OurMine, que disse não possui nenhum objetivo malicioso com a exposição da vulnerabilidade.

 “Descobrimos esse exploit porque não queremos que outros hackers saibam dele”, afirmou o grupo.

A Mojang não respondeu a um pedido de comentário sobre o assunto feito pela PC World dos EUA.

O hack mira especificamente o sistema de contas que os usuários usam para acessar as versões do game para PCs e Macs.

Por fim, o OurMine disse que vai revelar o hack completo para a Mojang assim que a desenvolvedora entrar em contato com o grupo.

Fonte:  IDG Now!