Um novo recurso lançado pelo Twitter almeja tornar o ambiente da própria rede social mais seguro. O “Safety Center“, ou Central de Segurança – embora ainda não haja versão em português do recurso -, se propõe a educar os usuários sobre segurança online e prega uma cartilha de bons modos na internet.

Já não é de hoje que o Twitter investe em iniciativas para reforçar a segurança de seu ambiente digital, já que volta e meia surge uma acusação de manipulação de tweets e atividades intensas de perfis falsos e trolls. Um exemplo dessa atividade maliciosa foi a enxurrada de mensagens e imagens perturbadoras que a filha de Robin Williams recebeu após a morte de seu pai.

Somando esses casos a outros de bullying, preconceito e discursos de ódio, o Twitter se viu obrigado a apresentar soluções que vão além da denúncia do abuso online e do enrijecimento da sua política de abuso, o que limita o alcance de tweets violento. O investimento agora é na área de conscientização e prevenção de manifestações abusivas ou ataques pessoais.

O “Safety Center” é organizado em torno das políticas de segurança do Twitter, o que, segundo a própria empresa, deve assegurar a proteção de seus utilizadores, especialmente para adolescentes, pais e educadores. O recurso deve estar disponível nas línguas mais utilizadas no site nas próximas semanas.

Fonte: Venture Beat