NSA2014Um artigo que acusava a Agência Nacional de Segurança dos EUA (NSA) de se fazer passar pelo Facebook para espionar cidadãos norte-americanos gerou uma “bronca” do CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, ao presidente Barack Obama, e a negação completa por parte da NSA.

A reportagem em questão, que também dizia que a NSA planeja infectar milhões de computadores com malware, apareceu no site First Look e foi co-escrita por Gleen Greenwald, que ficou conhecido em 2013 por uma série de artigos no jornal The Guardian sobre os documentos secretos da NSA vazados pelo ex-funcionário Edward Snowden.

“Em alguns casos, a NSA se disfarçou como um falso servidor do Facebook, usando o site de rede social como uma ferramenta para infectar um computador e ‘puxar’ arquivos de um disco rígido”, aponta a reportagem, citando documentos vazados como fontes.

“Em outras ocasiões, foram enviados e-mails spam com malware, que podem ser usados para gravar áudio a partir do microfone de um computador e tirar fotos com sua webcam.”

Nesta ultima semana, a NSA publicou um comunicado negando as acusações.

“Reportagens recentes da imprensa que alegam que a NSA infectou com malware milhões de computadores no mundo, e que a NSA está se fazendo passar por redes sociais ou outros sites, são imprecisos”, afirmou a Agência.

“A NSA usa suas capacidades técnicas apenas para apoiar operações estrangeiras de inteligência apropriadas e dentro da lei, todas as quais devem ser realizadas de total acordo com suas autoridades.”

Fonte: IDG NOW!