gmaisAutora: Vanessa Dayara

O Google prometeu pagar até 2,7 milhões de dólares em prêmios para quem demonstrar falhas no Chrome OS em computadores com processadores Intel e ARM. Mas as regras da competição Pwnium 4 excluem os participantes do Brasil.

Segundo reportagem do G1, não são só os brasileiros que ficarão de fora. Moradores de Quebec (Canadá) e da Itália, bem como de países que sofrem embargos americanos, como Síria, Irã, Sudão e Coreia do Norte, também estão excluídos.

A Pwnium 4 acontecerá durante a conferência de segurança CanSecWest, no Canadá. Cada demonstração de ataque poderá ser recompensada em até 150 mil dólares.

As brechas usadas para atacar o sistema precisam ser novas e exclusivas. O participante precisará informar todos os detalhes técnicos ao Google, o que inclui o código usado para explorar a falha.

Fonte: INFO