guardiaoAutor: Luis Osvaldo Grossmann

O Ministério de Ciência e Tecnologia certificou a plataforma Intelletotum, da catarinense Dígitro, como ‘resultado de desenvolvimento e inovação tecnológica realizados no país’ e, assim, torna-se o segundo software nacional a receber a Certics.

Trata-se da certificação desenvolvida para medir o grau de nacionalização de programas de computador. Com a Certics, os softwares ganham um atestado que lhes permite vencer licitações do governo federal ainda que com preços até 18% superiores a competidores estrangeiros.

A plataforma Intelletotum é mais conhecida no Brasil por um dos sistemas sobre ela implantados: o Guardião, utilizado pelas polícias – federal, estaduais, rodoviária, etc – e mesmo Ministério Público para a interceptação de conversas telefônicas.

A certificação foi emitida em portaria publicada nesta ultima semana, no Diário Oficial da União. A validade da Certics é de 24 meses.

Fonte: Convergencia Digital