O Washington Post publicou essa semana um artigo entituladoFBI’s search for ‘Mo,’ suspect in bomb threats, highlights use of malware for surveillanceem que divulga um search warrant (“pedido de busca e apreensão”) que detalha como a agência solicita e recebe autorização judicial para o uso de código malicioso em investigações de crimes (neste caso ameaças envolvendo bombas).

O termo “CIPAV” – presente nos demais updates deste post – não é utilizado, e é introduzido um acrônimo: NIT – “Network Investigative Technique“, que tem funcionalidade muito parecida com o descrito neste post.

Fonte: SSegurança Blog