cadeOs serviços de inteligência da Noruega –e não a Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA, na sigla em inglês), como informado por um jornal norueguês– monitoraram mais de 33 milhões de ligações telefônicas na Noruega pelo período de um mês entre dezembro de 2012 e janeiro de 2013, informou o governo de Oslo nesta terça-feira.

O jornal Dagbladet disse que a NSA espionou a Noruega, aliada dos EUA na Otan, coletando dados de ligações telefônicas no país.

“Esta é uma coleta de dados da inteligência norueguesa para apoiar as operações militares norueguesas em áreas de conflito no exterior, ou ligada à luta contra o terrorismo, também no exterior”, disse o general Kjell Grandhagen, chefe do Serviço de Inteligência Norueguês, em entrevista coletiva.

“Esta não foi uma coleta de dados da Noruega contra a Noruega, mas uma coleta de dados norueguesa que é compartilhada com os americanos.” A reportagem do Dagbladet tem como base os vazamentos de documentos feitos pelo ex-prestador de serviço da NSA Edward Snowden. O jornalista norte-americano Glenn Greenwald, autor de outras denúncias com base nos vazamentos de Snowden –incluindo as acusações de espionagem dos EUA contra o Brasil– é coautor da reportagem do jornal norueguês.

As revelações de Snowden sobre a escala da vigilância internacional da NSA, incluindo a líderes como a presidente Dilma Rousseff e a chanceler alemã, Angela Merkel, além de cidadãos comuns, estremeceram as relações dos EUA com alguns aliados.

Fonte: INFO