impdigitalMais da metade dos 13,6 milhões de eleitores de 24 Estados e do Distrito Federal que foram convocados na terceira fase do recadastramento biométrico já regularizaram a sua situação na Justiça Eleitoral. Dados atualizados nesta ultima semana somam 7.750.165 (56,62%) votantes aptos a serem identificados por meio das digitais nas Eleições 2014. Apenas Alagoas e Sergipe não participam desta etapa do recadastramento, pois a revisão já fora concluída nesses Estados.

Em percentual, Roraima é o Estado que já recadastrou mais eleitores: 82,45%, o que corresponde a 151.941 atendimentos. No entanto, em número absoluto, o Distrito Federal atendeu a maior quantidade de eleitores, tendo em vista que já recadastrou 1.173.953 (62,98%) dos 1.863.883 votantes.

No Distrito Federal, está sendo realizado o recadastramento de todos os eleitores. Além de Brasília, outras nove capitais participam do recadastramento: Rio Branco-AC, Macapá-AP, São Luís-MA, João Pessoa-PB, Recife-PE, Teresina-PI, Natal-RN, Boa Vista-RR e Palmas-TO.

A meta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o pleito geral de 2014 é recadastrar cerca de 16 milhões de eleitores até o final de março. Para tanto, o recadastramento biométrico pode ser ampliado para outros municípios, além das 397 cidades já previstas.

O objetivo é que, em 2014, mais de 23 milhões de eleitores de municípios de todos os Estados brasileiros sejam identificados pelas impressões digitais antes de votar na urna eletrônica. A tecnologia confere ainda mais segurança ao processo eleitoral, uma vez que cada pessoa possui digitais únicas e, por isso, a fraude na identificação se torna tecnicamente inviável.

O Programa de Identificação Biométrica do Eleitor foi iniciado em 2007, com foco nas eleições de 2008, sendo recadastrados eleitores das seguintes cidades: Colorado do Oeste-RO, Fátima do Sul-MS e São João Batista-SC. Nas eleições municipais de 2012, mais de 7,7 milhões de eleitores votaram utilizando essa nova tecnologia de identificação de dados.

Fonte: Convergência Digital