babtAutora: Adeline Daniele

Os adultos se surpreendem com a facilidade com que as crianças usam a tecnologia. Mesmo bebês sabem desbloquear a tela de tablets e celulares e aprendem rapidamente a abrir jogos e executar músicas e vídeos. Mas é preciso ter muito cuidado ao emprestar os gadgets para os pequenos, pois eles podem acessar conteúdos e recursos inapropriados. Para ajudar os pais a compartilhar o celular com segurança com os filhos, montamos uma seleção de programas gratuitos e configurações que impedem que a garotada acesse o que não deve.

Apps restritos no iOS

O sistema móvel da Apple vem com opções nativas bem interessantes para privacidade e restrições no aparelho. Ao acessar a seção Configurações > Geral > Restrições, há uma série de serviços e aplicativos que podem ser bloqueados ou liberados para uso. Caso algum app seja bloqueado, ele não será exibido na tela inicial. Na mesma tela de Restrições, em Conteúdo Permitido, é possível optar por impedir o download de aplicativos na App Store e dentro dos aplicativos. Também é possível classificar os programas mostrados na tela inicial de acordo com a faixa etária, além de filmes, livros, músicas, podcasts e programas de TV.

Acesso guiado no iOS

O modo Acesso Guiado é uma ótima opção para manter a criança dentro de determinado aplicativo, impedindo que ela acesse a tela inicial e outros conteúdos bloqueados. Para ativar esta opção, vá até a seção Ajustes > Geral > Acessibilidade > Acesso Guiado. Configure uma senha na opção Definir Código. Com o recurso ativo, abra o aplicativo desejado, aperte o botão Home três vezes e depois o botão Iniciar. Só é possível ir para a tela inicial apertando novamente três vezes o Home e fornecendo a senha correta.

KidBox Criança Segura

Perfeito para ser usado com o Acesso Guiado no iOS , e também em aparelhos Android , já que nele o próprio app bloqueia o botão Home com senha, o KidBox Criança Segura traz uma seção especial para crianças com games, vídeos, ferramenta de desenho, sistema de mensagens, sites e fundos de tela personalizados. O aplicativo ainda vem com um cronômetro, que determina o tempo de brincadeira com o aparelho.

iTubeList

Depois de aplicar todas as configurações de privacidade no iOS e ativar o Acesso Guiado, é hora de proporcionar o melhor conteúdo em vídeo para a criançada. O app para iOS iTubeList, permite selecionar uma série de canais, perfis e listas de reprodução do YouTube com conteúdos infantis ou, pelo menos, permitidos para a faixa de idade da criança. Além da busca dos vídeos por nome, dá para tocar no ícone da estrela e escolher itens na lista dos melhores vídeos, mas só há conteúdos em inglês. Na seção de configurações, é possível definir um alerta para soar depois de determinado tempo de reprodução dos vídeos e até criar uma senha para a inclusão de novos conteúdos.

Zoodles

No Android, o Zoodles traz uma área interativa para crianças, com opção para permitir alguns aplicativos, bloquear a função de chamadas, alteração de volume do dispositivo e conteúdos da web. São vários vídeos educativos, ferramenta de desenhos e livros para comprar e baixar. O app está disponível de graça na Play Store, mas para garantir o uso de mais recursos é preciso comprar uma assinatura Premium do serviço, que custa 7,95 dólares por mês. O Zoodles para iOS não bloqueia conteúdos e funções, restringindo-se a ser uma plataforma com vídeos educativos, desenho e livros.

Kids Place

Disponível para Android, o Kids Place faz com que o uso do smartphone torne-se divertido e seguro para crianças. Além de bloquear chamadas e compras de aplicativos, o programa traz uma interface adaptada ao uso infantil, com plano de fundo e até ícones maiores. Tudo fica protegido por senha, e o botão Home do aparelho é bloqueado caso a criança queira acessar a tela inicial. Os pais ou responsáveis escolhem quais aplicativos são permitidos e até podem determinar um tempo para a brincadeira. O app pode ser incrementado com o download de alguns plug-ins.

Espaço no Windows Phone

A loja de aplicativos do Windows Phone não tem tantas opções para controle de pais, mas a versão 8 do sistema vem com um recurso nativo bem bacana para quem tem filhos pequenos. Ao ativar o Espaço da Criança na tela de Configurações, é possível determinar quais jogos, músicas, vídeos e aplicativos a criança poderá acessar. Para abrir essa área, basta deslizar a tela bloqueada para a esquerda e, depois, para cima novamente. Dentro da seção, não é possível acessar nenhuma outra função, exceto o controle de volume. É preciso definir uma senha para acionar a tela padrão do aparelho.

Leia Também:

O Big Brother de 1984 era brincadeira de criança!!!

Senado defende maior rigor contra pedofilia na internet

General do Exército defende mais recursos para a segurança da informação no Brasil

Fonte: Revista Info