zcrA ZCR Informática conquistou a 1ª Certificação ISO 27001 do Norte/Nordeste e larga na frente no mercado da região conquistando uma norma internacional que estabelece requisitos referentes ao Sistema de Gestão da Segurança da Informação. Hoje a empresa está habilitada a avaliar seus riscos e implementar controles apropriados para preservar a integridade, confidencialidade e disponibilidade dos ativos de informação, como dados e sistemas.

A ZCR, com sede no Parque Tecnológico da Bahia, recebeu pela auditoria BV (Bureau Veritas Certification) o certificado ISO 27001. Deter esta certificação significa dizer que a ZCR adota um sistema para gerência da segurança da informação de acordo com os padrões e através do estabelecimento de uma política de segurança, de controles adequados e da gestão de riscos, e que tem, por seu propósito, práticas de melhoria contínua desse sistema. O investimento realizado pela empresa e o empenho durante 12 meses até a certificação, traduz o comprometimento da ZCR em relação à importância de preservar os ativos de informação, garantindo que os processos internos são cumpridos de acordo com os principais padrões estabelecidos internacionalmente e mostram a dedicação buscando a satisfação dos seus clientes. Em outras palavras, esta conquista mostra ao mercado, a preocupação de segurança e integridade da empresa na produção de softwares inovadores.

Esta vitória, alcançada por uma empresa baiana, posiciona o Estado mais uma vez como pioneiro no cenário de TI na Região. “Ser a primeira é dar exemplo, é servir de modelo e referência, e, sobretudo assumir a responsabilidade pela disseminação dessa importância para o contexto de TI, especialmente na Bahia”, diz Bárbara Carole, analista da Qualidade da ZCR. Só para recordar, a empresa também foi a primeira do Norte/Nordeste a obter a ISO 9001 (2001), o CMMI (2006) e a ISO 20000 (2011).

Segundo Ruben Delgado, CEO da ZCR, “a importância da conquista da ISO 27001 é mais do que uma simples comprovação da qualidade dos serviços prestados pela empresa, é a certeza de continuar sendo vista e reconhecida no mercado como um exemplo de conduta empresarial. Ser a primeira do Nordeste pela 4ª vez, não é uma obsessão, é uma consequência de buscar que a Bahia se posicione como um centro de tecnologia, não só regionalmente, mas por todo o país”.

Para Roberto Raposo, executivo de vendas da empresa, esta certificação é também um passaporte para a ZCR, visto que seu nome, que já é bem consolidado no Nordeste, ainda não está tão consolidado em regiões como o sul do país. Com esta certificação, abrem-se portas para os softwares e serviços produzidos na Bahia.

Leia Também:

Brasil terá centro de certificação para evitar vazamento de dados

Novo satélite deverá proteger dados

Fonte: Convergência Digital com apoio da Assessoria de Imprensa da ZCR.