avirusAs pesquisas são unânimes em apontar o Android como o novo alvo favorito dos cibercriminosos. O desenvolvimento de malware para dispositivos com o sistema operacional móvel do Google cresce diariamente e os usuários precisam de um cuidado especial para evitar fazer parte desta estatística.

Normalmente, o bom senso é um dos principais aliados nesta busca pela segurança no celular. Não instalar aplicativos de origem desconhecida, dando preferência sempre aos apps do Google Play e sempre tomar cuidado com os links, geralmente evitam uma grande parte das infecções.

O próprio Android, principalmente na versão 4.2, possui algumas ferramentas internas para evitar infecção e bloquear o envio de SMS por aplicativos suspeitos, mas nem sempre isso é o bastante. Por isso que listamos alguns aplicativos antivírus para ajudar na segurança do usuário.

Eles não servem apenas como antivírus, mas também oferecem alguns recursos extras para proteção do celular. Confira:

McAfee Antivirus & Security
O aplicativo da McAfee é um exemplo de multiuso. Além de varrer o celular atrás de códigos maliciosos, também permite a exclusão dos arquivos e bloqueio remoto em caso de furtos. Ele também serve como anti spam para SMS e chamadas indesejadas. Ele também faz a verificação de URLs associadas a aplicativos para garantia de que o endereço é seguro.

Avast! Mobile Security & Antivírus
A versão móvel do Avast! tem agradado aos usuários do Google Play e, além de proteger contra malware, também faz o controle do consumo de banda pelo dispositivo, corrige URLs mal-digitadas para evitar golpes do tipo “typosquatting”, que se aproveitam de erros de digitação no endereço do site para enganar os usuários (olahrdigital.com.br, por exemplo). Também conta com recursos antifurto, rastreamento e filtro contra spam.

AVG AntiVirus
Além de proteção contra vírus e phishing, o app promete uma melhoria no desempenho do celular, detectando aplicações que estejam travando o dispositivo, além de otimizar armazenamento e monitorar o tráfego. Como os anteriores, ele também promete segurança contra roubos, rastreamento com o Google Maps. Ele também pode fazer o celular tocar, mesmo que ele esteja no modo silencioso, evitando que o dispositivo seja perdido. O aplicativo da AVG também tem uma versão paga, que promete alguns recursos extras.

Dr.Web Antivírus Light
Bem avaliado no Google Play, este antivírus promete ter baixo impacto no consumo de processamento e memória do celular, com escaneamento em tempo real dos arquivos salvos no dispositivo. Também diz poder detectar novos e desconhecidos malwares por meio de uma tecnologia proprietária. Este aplicativo é uma versão mais básica Dr.Web Anti-virus, que é pago, e conta com recursos de bloqueio e rastreamento semelhante aos apps supracitados.

Kaspersky Mobile Security Lite (grátis)
A Kaspersky descreve o aplicativo de forma sucinta, afirmando bloquear malwares para o Android antes que eles possam danificar o funcionamento do dispositivo; localizar, limpar ou bloquear dispositivos perdidos ou roubados, e filtrar chamadas e SMS indesejados.
Como o Dr. Web antivírus, trata-se de uma versão básica do Kaspersky Mobile Security, aplicativo pago, que fornece alguns serviços extras, como uma proteção que oculta determinados contatos do celular e controla o que outras pessoas podem ver no aparelho.

Comentário do autor deste Blog: Nos meus testes realizados, utilizei o Avast e o AVG, os dois são ótimos e me atenderam, resolvi escolher pelo AVG por ser um pouco mais leve e nunca tive qualquer tipo de problemas relacionado a vírus. Existem pessoas que defendem que se você só acessar links seguros e baixar os apps dos locais oficiais, que nem é necessário a instalação de um antivírus, mas na duvida recomendo instalar um desses antivírus citados acima.

Leia também:

– Google Play está cheia de apps maliciosos de curta-duração

– Vírus para Android rouba contas de usuários de mobile banking

– AVG Uninstaller facilita a desinstalação de apps no Android

Sites do governo estão infectados por Trojans, malwares e backdoors

– Sites falsos alteram boletos vencidos e roubam dinheiro de vítimas

Fonte: Olhar Digital